logo apu retangular.jpg
TRABALHO DE CAMPO

Para a pesquisa de campo do projeto de pesquisa, foram construídos cinco instrumentos de coleta de dados:

 

Q1) Catalogação/Mapeamento institucional e setorial
Q2) Percepções da gestão sobre o assessoramento pedagógico universitário
Q3) Percepções da Assessoria Pedagógica Universitária
Q4) Narrativas sobre o serviço de assessoramento pedagógico universitário - professores participantes
Q5) Narrativas sobre o serviço de assessoramento pedagógico universitário - professores não participantes

Os instrumentos foram aplicados nas instituições parceiras  do projeto de pesquisa, de modo que os dados coletados foram analisados à luz de categorias definidas a priori

 

A) Concepção de assessoramento:

  • Como concebem o trabalho de assessoramento?
  • Que práticas comportam?
  • Como as estruturam?
  • Que crenças estão presentes?

 

B) Perfil do assessor: 

  • Quem são?
  • Como chegaram lá?
  • Que formação têm para tal?

 

C) Política institucional de formação docente:

  • Que história reflete?
  • Que cultura reflete?

 

D) Legitimidade da prática de assessoramento:

  • O que mobiliza à participação?
  • O que desmobiliza à participação?
  • Que valorização tem?
  • Que reconhecimento tem?

 

O resultado das pesquisas referentes ao trabalho de campo que evidenciou as experiências de assessoramento pedagógico nas instituições parceiras está compilado no Dossíê Assessoramento Pedagógico Internacional: experiências em contexto internacional. DOSSIÊ

 

LOGOS.jpg